Ações judiciais

Temos que alertar a todos os consumidores que estão sendo alvos de empresas adquirentes de créditos podres de empresas de Telefonia e Instituições bancárias. Todas essas empresas, sem excessão, e dentre elas citarei algumas: Atlântico Fundos de Investimentos, Recovery, Betacred, Carval Master, Itapeva, Meridiano, etc... instalaram-se no mercado com essa finalidade.


Como agem as empresas?

Adquirem créditos (na maioria das vezes) prescritos, lançam o nome dos devedores nos cadastros restritivos de crédito sem notificação, com data diversa da original e sentem-se no direito de cobrar valores absurdos.


Por que a restrição é ilegal?

A grande maioria dos consumidores desconhecem que, para qualquer aquisição de dívidas através de cessão de crédito a notificação prévia do devedor é obrigatória (art. 290 C.C) e a sua falta gera total nulidade da mesma, dando ao devedor o direito de reclamar em juízo a inexigibilidade do débito e o ressarcimento de todos os danos morais oriundos dessa negativação.


O que fazer neste caso?

Aconselhamos a todos aqueles que possuem débitos com qualquer uma das empresas citadas que nos procurem para que ingressemos com a devida medida legal, dizemos isso por experiência que tenho em mais de 200 processos contra essas empresas e ganho de causa em absolutamente todas elas.